Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Como ajudar o professor a lidar com uma turma muito agitada

Um dos maiores desafios enfrentados pelo professor é, sem dúvida alguma, lidar com uma turma composta por diferentes tipos de personalidade e histórias individuais. Quando os alunos são muito agitados — seja por conta da jovem idade das crianças pequenas, das crises típicas dos adolescentes ou das infinitas distrações existentes no mundo atual —, a dificuldade pode ser ainda maior. 

Cabe à gestão escolar encontrar formas de ajudar o professor a lidar com uma turma muito agitada ou com mau comportamento, sobretudo se o profissional ainda possui pouca experiência. Isso porque é papel dos gestores fornecer os melhores recursos para que os profissionais da educação consigam exercer seu trabalho da melhor forma possível, e sem sofrer com grandes estresses e prejuízos à sua saúde mental. 

Nesse sentido, vale a pena conhecer algumas dicas valiosas de como lidar com uma turma muito agitada e que está apresentando problemas na escola. A partir desse conhecimento, é possível oferecer aos professores todo o apoio que eles precisam, ensinando-os a lidar com os alunos da melhor forma possível e sem comprometer seu desenvolvimento ao longo do ano letivo. Confira: 

Dicas para o professor lidar com uma turma muito agitada

Diversifique as atividades

Muitas vezes, dar bronca pode não ser o melhor caminho para controlar melhor o comportamento dos alunos — que podem estar cansados e até mesmo frustrados com a matéria ou com o próprio ambiente escolar. Nesse contexto, propor uma atividade diferente pode ser uma excelente estratégia para que os alunos se tornem mais participativos e interajam entre si de maneira organizada.

A atividade escolhida vai depender da faixa etária da turma, podendo inclusive levar em consideração as questões e matérias que precisam ser trabalhadas em sala de aula. Crianças pequenas podem participar de brincadeiras educativas, que envolvam pintura, música e recortes a respeito de um tema, por exemplo. Alunos mais velhos podem ser incentivados a usar a tecnologia para pesquisar um assunto a ser debatido, assistir a filmes interessantes ou discutir o impacto de suas ações no dia a dia. 

Este tipo de ação ajuda a quebrar a monotonia do formato das aulas, além de permitir que os alunos interajam entre si de maneira produtiva e sem se dispersar. Após a realização da atividade, vale a pena perguntar aos estudantes se eles gostaram da proposta e identificar novas ideias que podem ser usadas futuramente. 

Converse 

Forçar os alunos a ficarem quietos ou voltarem à concentração pode, dependendo da situação, fazer com que eles fiquem ainda mais agitados. Por isso, a dica é aproveitar o momento para conversar com os estudantes de maneira informal, aliviando a tensão e permitindo que todos (inclusive o professor) descansem um pouco da aula. É importante, porém, que este momento de descontração dure apenas alguns minutos e que o professor saiba como retomar a aula de maneira satisfatória. 

O diálogo pode fortalecer a relação com a turma, fornecendo informações valiosas a respeito de seus interesses e expectativas. Este pode ser um excelente momento, inclusive, para resolver conflitos e tentar entender o motivo de tanta agitação e falta de concentração.

Estabeleça regras claras

Criar regras de convivência ajuda não apenas a direcionar o comportamento esperado dos alunos em sala de aula, mas confere senso de responsabilidade aos estudantes. Nos primeiros dias de aula, estabeleça as atitudes esperadas e determine aquelas que não serão aceitas dentro do ambiente escolar, apresentando também as consequências do comportamento inadequado. 

Peça para que os alunos registrem essas regras, que poderão ser revisitadas sempre que necessário. É importante que a turma participe da criação dessas regras, dando suas opiniões a respeito delas e entendendo a importância seguir o que foi estabelecido. É importante que tudo seja combinado amigavelmente, de modo que todos sintam que as regras se aplicam a eles de maneira individual e ajudem inclusive a cobrar os demais colegas.

Não perca a paciência 

Perde a cabeça com os alunos pode ser um erro grave, uma vez que o nervosismo do professor certamente será passado para os alunos e dificilmente será esquecido por eles — que poderão perder o respeito por ele. Além disso, é importante ter em mente que o comportamento do professor também pode ensinar bastante, sendo importante evitar mostrar aos alunos que é possível tentar resolver as coisas no grito.

O melhor caminho, portanto, é tentar manter o controle e falar com os alunos sempre de maneira respeitosa e calma. A agitação pode ser um reflexo de alguma necessidade específica da turma, e cabe ao professor estabelecer um diálogo que permita que eles exponham seus sentimentos e necessidades. Uma conversa franca também deve ser feita pelo educador, que deve aproveitar o momento para explicar o que espera dos alunos e como o comportamento apresentado por eles está prejudicando seu trabalho. 

Incentive a leitura

A leitura traz inúmeros benefícios para o desenvolvimento de um aluno, além de garantir que eles tenham um momento de concentração e silêncio para focar no texto proposto. O ideal é que a leitura seja escolhida com cuidado, permitindo que este seja um momento interessante — e não maçante. Outros benefícios da leitura para uma turma agitadas são:

  • Acalma a mente;
  • Estimula o foco e a concentração;
  • Proporciona um momento de silêncio;
  • Favorece o engajamento dos alunos, sobretudo se a leitura proposta for interessante;
  • Ajuda a enriquecer o vocabulário dos estudantes. 

Uma ideia diferente é propor uma leitura coletiva, em que cada aluno lê um parágrafo em voz alta, se revezando entre si. Os alunos tendem a ouvir os colegas, de modo que todos acabam se envolvendo com o texto e com a aula. 

Profissionalize as contas da sua escola

Quem precisa lidar com uma turma muito agitada na escola certamente acaba mais desgastado mentalmente e com menos tempo para lidar com outras questões importantes para o desenvolvimento da instituição de ensino. Por isso, a dica final é investir na profissionalização da gestão financeira da escola, garantindo que todas as movimentações financeiras estejam em dia e sem preocupações. 

Contar com os serviços da DJ Contabilidade, portanto, permite que os gestores tenham mais tempo para auxiliar os professores que estão tendo dificuldades com uma turma muito agitada. 

Tire suas dúvidas conosco, nós, da Dj Contabilidade, somos especialistas na sua empresa, e criamos este artigo especialmente para você!

Esperamos que tenha gostado e que isso te ajude a traçar uma direção concreta para a sua profissão.
Siga-nos no Facebook: @djcontabilidadeoficial

Sucesso e até a próxima.

A DJ Contabilidade é uma Contabilidade na Zona Norte – SP Contabilidade na Zona Norte – SP.

[cta-box-news form=”contact-form-7 id=’2431′ title=’newsletter blog'”]

Nós da DJ Contabilidade somos uma empresa especializada em contabilidade para a indústria têxtil e contabilidade para escolas, estamos localizados na zona norte da capital São Paulo - SP.

Siga-nos:

FAÇA UMA AVALIAÇÃO FINANCEIRA GRATUITA PARA SUA EMPRESA COM A DJ CONTABILIDADE E TENHA 2X MAIS LUCRATIVIDADE!

Abrir Uma Empresa Pode Ser Algo Simples Facil E Rapido - DJ Contabilidade
Fechar Menu