Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Conheça riscos dos grupos de WhatsApp com pais e professores

A tecnologia certamente oferece muitas facilidades para o dia a dia, tanto no âmbito particular como para a gestão de uma instituição de ensino. As ferramentas de mensagem instantânea como o WhatsApp, por exemplo, permitem a rápida comunicação entre equipes e profissionais, garantindo que uma mensagem importante seja passada para todos ao mesmo tempo. 

No que diz respeito à comunicação entre a escola e os pais dos alunos, entretanto, a utilização do WhatsApp se torna um pouco mais complicada. Embora certamente simplifique o envio de comunicados e informações rápidas, a utilização desses aplicativos pode fazer com que a escola perca o controle sobre o fluxo de comunicação, causando problemas que podem comprometer significativamente a rotina do professor. 

De acordo com a pesquisa “Escola Digital Segura”, elaborada pelo Instituto iStart, pelo menos 6 em cada 10 escolas já enfrentaram problemas relacionados à existência de grupos de WhatsApp com pais de alunos e professores. Conflitos, ofensas e desentendimentos são as principais ocorrências relatadas tanto nos aplicativos de troca de mensagem instantânea como nas mídias sociais. 

Riscos dos grupos de WhatsApp nas escolas

O ideal é que os pais e responsáveis se interessem pela educação de seus filhos e se envolvam com as atividades escolares, e estabelecer um canal de comunicação entre eles e o corpo docente pode facilitar o envio de informações, recados e demais conteúdos relacionados ao cotidiano da escola. Entretanto, não é possível ter controle sobre o que é compartilhado por todos os participantes de um grupo de WhatsApp, o que pode gerar transtornos como:

Autoridade da escola questionada

Uma vez que a escola não consegue gerenciar ou limitar os assuntos abordados nos grupos, há grandes chances de que este canal de comunicação acabe se tornando um local para debater e questionar todas as decisões, recomendações e ações da escola. Este tipo de debate pode se tornar mais acalorado, gerando até mesmo boicotes dos pais e outras atitudes que podem comprometer o andamento das atividades escolares.

Exposição de funcionários e alunos

No calor do momento, os pais podem se sentir impulsionados a expor no grupo de WhatsApp um determinado acontecimento que lhes gerou irritação ou indignação, geralmente optando por fazer isso antes mesmo de esclarecer o ocorrido. Este tipo de comportamento pode expor um funcionário ou outro aluno, deixando a situação ainda mais incômoda.  

Comprometimento da relação pessoal/profissional

Uma vez que os grupos de WhatsApp deixam os professores mais acessíveis, pode haver comprometimento da relação profissional entre os membros do corpo docente e os pais. Isso porque as mensagens podem chegar em momentos indevidos, quando o profissional não está em horário de trabalho e tem o direito de aproveitar seu momento de descanso com privacidade. 

Além disso, os professores podem ser colocados em uma posição desconfortável, sendo diretamente questionados pelos pais ou pressionados a se manifestar em nome da instituição. A tendência é que os demais participantes do grupo enxerguem o professor como um representante da escola, exigindo que eles respondam por questões que são de âmbito administrativo ou adotando suas respostas como um discurso oficial da instituição de ensino.

Prevalência de opiniões negativas

É relativamente natural que as pessoas se sintam mais engajadas a reclamar de uma situação que a desagradou, em vez de elogiar pontos positivos. Embora uma reclamação certamente represente um importante feedback para a melhoria do trabalho prestado pela escola, pode ser mais produtivo que os pais levem o assunto para ser discutido diretamente com a coordenação, de modo que ele seja tratado com a atenção devida e sem expor ninguém de maneira indevida. 

Grupos de WhatsApp entre pais e professores: é possível administrar? 

Por mais que manter um grupo de WhatsApp entre pais e professores possa gerar transtornos para a escola, não ter um canal aberto no aplicativo de mensagens também pode trazer consequências negativas. Isso porque, quando as instituições não possuem grupos “oficiais” mediados pela coordenação, os pais acabam criando um grupo para trocar mensagens entre si. 

Como consequência, a gestão escolar fica de fora dos assuntos discutidos e acaba sem entender o que está acontecendo. Além disso, os coordenadores, professores e pais deixam de contar com algumas vantagens que podem ser muito benéficas para a comunidade escolar, tais como:

  • Manter a comunicação;
  • Atualização interativa dos acontecimentos da escola;
  • Organização facilitada de eventos que envolvem a participação de todos;
  • Estabelecimento de uma relação colaborativa entre os pais e a escola;
  • Distribuição de informação relevante para os membros da comunidade;
  • Possibilidade de consultar os pais a respeito de assuntos relevantes. 

O ideal, portanto, é tentar encontrar formas de administrar esses grupos por meio de regras de convivência e civilidade que ajudam a minimizar os problemas citados. As principais normas que devem ser estabelecidas dizem respeito ao respeito aos demais participantes do grupo, evitando fofocas e exposição de informações particulares a respeito de outra pessoa. Outras regras que valem a pena ser criadas são:

  • Não enviar piadas, correntes e imagens que não estejam relacionadas aos assuntos escolares;
  • Não usar o grupo como agenda escolar;
  • Evitar perguntar sobre as tarefas e trabalhos de casa, deixando este tipo de responsabilidade para os alunos;
  • Estar atento ao horário de envio das mensagens, evitando períodos de férias, descanso e refeições;
  • Não deixar para resolver conflitos no grupo, sobretudo se ele envolver questões particulares ou pessoas específicas;
  • Seja breve e conciso ao enviar mensagens; 
  • Não encarar o grupo como um substituto da presença dos pais na escola. 

Outra solução interessante para gestores escolares que desejam criar um canal de comunicação eficiente para reunir pais, alunos e professores são as ferramentas específicas. Atualmente, existem diversas opções de aplicativos que foram criados justamente para suprir esta demanda escolar por um meio de comunicação administrável, dinâmico e seguro para todos. 

A dica final, portanto, é pesquisar a respeito desses programas, entender as funções oferecidas por eles e estudar se vale a pena investir neles para estabelecer uma melhor comunicação entre pais e professores, sem sofrer com os citados riscos trazidos pelos grupos de WhatsApp. 

 

Tire suas dúvidas conosco, nós, da Dj Contabilidade, somos especialistas na sua empresa, e criamos este artigo especialmente para você!

Esperamos que tenha gostado e que isso te ajude a traçar uma direção concreta para a sua profissão.
Siga-nos no Facebook: @djcontabilidadeoficial

Sucesso e até a próxima.

A DJ Contabilidade é uma Contabilidade na Zona Norte – SP Contabilidade na Zona Norte – SP.

[cta-box-news form=”contact-form-7 id=’2431′ title=’newsletter blog'”]

Nós da DJ Contabilidade somos uma empresa especializada em contabilidade para a indústria têxtil e contabilidade para escolas, estamos localizados na zona norte da capital São Paulo - SP.

Siga-nos:

FAÇA UMA AVALIAÇÃO FINANCEIRA GRATUITA PARA SUA EMPRESA COM A DJ CONTABILIDADE E TENHA 2X MAIS LUCRATIVIDADE!

Abrir Uma Empresa Pode Ser Algo Simples Facil E Rapido - DJ Contabilidade
Fechar Menu