Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Sua empresa está no vermelho? 7 dicas que irão ajudar a resgatá-la

Lidar com as dívidas e organizar o setor financeiro é um dos principais desafios da maioria dos empreendedores, que muitas vezes agem sem pensar ao cortar custos na tentativa de tirar a empresa do vermelho. Praticamente todas as organizações e empresários enfrentam problemas financeiros em algum momento, mas com o devido planejamento e elaboração de um plano de ação adequado, é possível se recuperar da crise.

Estar com as contas no vermelho é um importante sinal de alerta para sua empresa, e significa que passou da hora de analisar e reorganizar cuidadosamente a situação financeira da organização. Confira, a seguir, 7 dicas essenciais que poderão ajudar na recuperação da sua empresa:

Dicas para tirar sua empresa do vermelho

Entenda a situação financeira da organização

O primeiro passo para tirar suas contas do vermelho consiste em entender a situação e a gravidade dela. Com base nisso, é possível determinar quais são os passos que precisam ser dados para solucionar o problema e qual a melhor estratégia a ser adotada. Esta etapa é fundamental também para identificar possíveis furos no seu planejamento financeiro, que podem ser de diferentes tipos. 

Alguns dos principais causadores de problemas financeiros em uma empresa são:

  • Erros no sistema de controle financeiro;
  • Excesso de gastos supérfluos;
  • Carteira de clientes insuficiente;
  • Desequilíbrio entre os gastos e ganhos;
  • Excesso de clientes inadimplentes. 

Para cada um desses problemas, é possível estabelecer uma solução específica. Por isso, é importante identificá-los antes de iniciar qualquer tipo de ação com o intuito de recuperar as finanças da organização.

Organize e renegocie as dívidas

Após ter identificado suas dívidas a partir da análise da situação financeira da sua empresa, é hora de organizar todas as contas a pagar e partir para a negociação. Ao conversar com seus fornecedores e fiadores, é importante levar em consideração os juros, multas e prazos a serem cumpridos — de modo que a renegociação seja realmente favorável para sua recuperação. 

Após isso, dê prioridade para quitar as dívidas que não podem ser negociadas e para aquelas que apresentam multas mais altas. Dessa forma, você evita que sua dívida se torne ainda maior.

Corte gastos de maneira inteligente

Reduzir despesas é fundamental para tirar uma empresa do vermelho, mas os cortes devem ser feitos de maneira inteligente e responsável. Para isso, você deve analisar criteriosamente todos os gastos do seu empreendimento, separando-os entre fixos e variáveis. O passo seguinte consiste em verificar quais desses gastos são realmente necessários e essenciais para que a empresa continue funcionando. 

Todos os custos considerados supérfluos ou desnecessários devem ser cortados, na medida do possível. Alguns dos recursos que podem ser reduzidos facilmente e que influenciam diretamente nas finanças são os copos plásticos, folhas de papel e até mesmo energia elétrica e água. 

Separe as contas pessoais das finanças organizacionais

Um erro muito comum cometido por pequenos empreendedores ou gestores novatos é misturar suas finanças pessoais com as contas da empresa. Isso porque, quando não há uma separação, não é possível dimensionar a situação financeira da organização. É preciso que você tenha um salário, e que ele faça parte dos gastos fixos da empresa — enquanto o restante do lucro deve ser registrado na conta da empresa, para investimentos futuros. 

Quando as contas pessoais e empresariais estão unificadas, não é possível ter um controle efetivo das retiradas mensais que fazem parte dos negócios e daquelas que são referentes à sua vida pessoal. Como consequência, não é possível saber ao certo se a empresa está registrando crescimento ou prejuízo. 

Controle o fluxo de caixa

Manter o controle do fluxo de caixa da sua empresa é essencial para avaliar constantemente os recebimentos e pagamentos, identificando previamente se a empresa ficará no vermelho e quando o saldo aumenta ou diminui. Dessa forma, é possível antecipar os problemas e se preparar previamente para enfrentá-los, evitando que as dívidas se tornem maiores. 

Com base nas informações do fluxo de caixa, é possível analisar o cenário atual e identificar a necessidade de negociar prazos com credores e até mesmo estabelecer novas datas para saldar as dívidas. 

Combata a inadimplência de clientes

A inadimplência dos clientes é um dos principais fatores que prejudicam as finanças de uma empresa, que precisa receber por seus serviços para ter um fluxo de caixa saudável. Por isso, é importante que você tenha um controle eficiente sobre os pagamentos pendentes, de modo a cobrar os clientes que não pagam em dia e não deixar que essas dívidas sejam esquecidas. 

Também pode ser interessante criar maneiras de incentivar o pagamento sem atrasos, seja oferecendo descontos ou benefícios para quem respeita os prazos combinados. Outra boa ideia é colocar as datas de vencimento para os primeiros dias do mês, pois a maioria das pessoas tende a pagar suas contas neste período. 

Planeje os próximos passos

Por mais que investir seus esforços na recuperação da empresa seja importante, você jamais deve relaxar ao ver que as contas estão saindo do vermelho. A maioria das medidas citadas acima não devem ser tratadas apenas como emergenciais, mas ser adotadas como prática constante em sua gestão. É importante ter em mente que, caso sua empresa volte a ser gerida da mesma maneira que a levou ao vermelho, ela certamente voltará a ter prejuízo. 

Invista na contratação de um contador

Esta é uma dica extra, mas que não deve ser ignorada por nenhum empresário que deseja recuperar as finanças de sua organização: conte com o apoio e orientação de um escritório de contabilidade. 

Gerenciar a parte financeira de um empreendimento envolve uma série de responsabilidades que, muitas vezes, saem do controle do empreendedor. No que diz respeito ao setor contábil, há diversos tributos, pagamentos, documentos e leis específicas que devem ser respeitados para evitar transtornos e intimações fiscais. 

O contador é o profissional mais qualificado para ajudar na tarefa de gerenciar o fluxo de caixa, analisar dívidas, identificar soluções tributárias e eliminar pendências associadas a pagamentos e responsabilidades fiscais. Entre em contato com a DJ Contabilidade e entenda como podemos ajudar!

Tire suas dúvidas conosco, nós, da Dj Contabilidade, somos especialistas na sua empresa, e criamos este artigo especialmente para você!

Esperamos que tenha gostado e que isso te ajude a traçar uma direção concreta para a sua profissão.
Siga-nos no Facebook: @djcontabilidadeoficial

Sucesso e até a próxima.

A DJ Contabilidade é uma Contabilidade na Zona Norte – SP Contabilidade na Zona Norte – SP.

[cta-box-news form=”contact-form-7 id=’2431′ title=’newsletter blog'”]

Nós da DJ Contabilidade somos uma empresa especializada em contabilidade para a indústria têxtil e contabilidade para escolas, estamos localizados na zona norte da capital São Paulo - SP.

Siga-nos:

FAÇA UMA AVALIAÇÃO FINANCEIRA GRATUITA PARA SUA EMPRESA COM A DJ CONTABILIDADE E TENHA 2X MAIS LUCRATIVIDADE!

Abrir Uma Empresa Pode Ser Algo Simples Facil E Rapido - DJ Contabilidade
Fechar Menu