Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Vale A Pena Declarar O Próprio Imposto De Renda Sozinho - DJ Contabilidade

Vale a pena declarar o próprio imposto de renda?

Oficialmente falando, a declaração do Imposto de Renda (IR) pode ser feita pelo próprio contribuinte dentro dos moldes e padrões estabelecidos para o documento. Entretanto, os trâmites burocráticos do processo, acabam por gerar uma demanda de preenchimento de fichas e tabelas, que o trabalho acaba sendo terceirizado para uma consultoria profissional.

Para você que ainda sente dúvidas sobre o que é o Imposto de Renda, o interessante aqui é contar com o apoio do especialista, pois o processo exige grande concentração e disposição para efetivar todas as etapas. Tratando-se do mundo dos empreendedores, sabe-se que nem sempre existe tempo hábil o suficiente para cuidar de questões como essa.

Ainda assim, muitos contribuintes acabam optando em seguir com o processo por conta própria, e para casos como este, é fundamental ter ciência de algumas informações importantes acerca do IR. Veja abaixo:

Cuidados de declarar o imposto de renda sozinho

Calendário: não chega a ser uma grande novidade para ninguém que a grande quantidade de taxas e impostos no Brasil e diferentes datas de referência, confundem as pessoas e que naturalmente alguma contribuição ou outra acaba sendo esquecida no meio disso. Por isso, ao assumir a responsabilidade de declarar o IR sozinho, é importante se manter atento aos prazos estipulados pelo governo, para não ser pego de surpresa.

Preenchimento de dados: como abordado na introdução, o processo de declaração exige grande disposição para preenchimento de tabelas e fichas. No entanto, a inserção de dados em campos errados (como confundir valores apresentados) pode gerar até multas, quando a Receita reter a declaração para verificar inconsistências. No caso de acontecer erros de digitação, o processo para correção pode gerar algumas complicações no futuro. Por isso, é fundamental manter a concentração nessa parte burocrática do processo.

Reunindo toda documentação: como se imagina, é altamente necessário ter os comprovantes de rendimentos fornecidos pelas empresas contratantes. No caso dessas informações não terem sido recebidas, o contribuinte deve procurar a fonte pagadora para fornecer esses dados, pois a falta de documentos pode complicar a declaração, postergando todo o processo.

Por quê deveria contratar uma consultoria profissional para o trabalho?

Não apenas pelas responsabilidades citadas acima, contar com uma consultoria profissional para fazer o Imposto de Renda pode te ajudar a se livrar de horas e horas de dedicação a reunião de documentos (principalmente para contribuintes que têm mais de uma fonte de pagamento), além da insegurança que preencher alguma informação correta pode trazer (como multas e prejuízos financeiros.

Para contribuintes que têm muitos bens, o auxílio profissional não apenas ajudará a resolver a questão como também trará instruções, livrando-os dessa grande dor de cabeça que costuma roubar alguns longos dias do nosso calendário.

Tire suas dúvidas conosco, nós, da Dj Contabilidade, somos especialistas na sua empresa, e criamos este artigo especialmente para você!

Esperamos que tenha gostado e que isso te ajude a traçar uma direção concreta para a sua profissão.
Siga-nos no Facebook: @djcontabilidadeoficial

Sucesso e até a próxima.

A DJ Contabilidade é uma Contabilidade na Zona Norte – SP Contabilidade na Zona Norte – SP.

[cta-box-news form=”contact-form-7 id=’2431′ title=’newsletter blog'”]

Abrir Uma Empresa Pode Ser Algo Simples Facil E Rapido - DJ Contabilidade
tudo sobre e-social 2019
Contabilidade

Tudo sobre e-social 2019

Apesar do e-Social ter prorrogado algumas de suas datas, importante frisar que o ano de 2019 trouxe significativas mudanças em seu cronograma. Com a fase

Ler mais »
Fechar Menu